Categoria E – Carreta

 

A Alteração de Categoria E é a inclusão dessa Categoria na Carteira de Habilitação (CNH) que você já possui.


Com essa alteração é possível dirigir combinação de veículos com unidade tratora enquadrada nas categorias B, C ou D e unidade acoplada/reboque/semi-reboque, trailer/articulada com mais de 6.000kg ou mais de 8 lugares, a carreta, bem como os veículos abrangidos pelas categorias B, C e D.
Para início desse processo o candidato deve ter no mínimo 21 anos completos e 1 ano de Categoria C ou D. Ele também não pode ter cometido infrações gravíssimas, graves ou ser reincidente em infrações médias nos últimos 12 meses.

• Exame Toxicológico em Laboratório Credenciado pelo DENATRAN Matrícula na Autoescola Milênio
• Realização de Foto Agendada
• Aprovação nos Exames de Aptidão Física e Mental (Médico) e Avaliações Psicológicas NO CASO DE inclusão de EAR na Habilitação no caso de EAR
• Conclusão de 20 Aulas Práticas de Carreta.
• Aprovação no Exame Prático de Carreta.
* CNH
* Documento de identificação reconhecido pela Legislação Federal
* Comprovante de residência
* CPF
* Ser maior de 21 anos
* Estar habilitado no mínimo há um ano na categoria D para habilitar-se na categoria E.
A matrícula é realizada pessoalmente pelo aluno em nossa sede. O contratante deve portar os os seguintes documentos:
• Fotocópia do RG;
• Fotocópia da CNH;
• Comprovante original de residência (máximo de 90 dias, no próprio nome ou dos pais, pois assim é possível também abrir seu processo junto ao Detran, o qual é feito online).
Caso não esteja de posse dos documentos no ato da matrícula, o aluno pode efetivá-la mesmo assim e apresentá-los posteriormente.
• Para esta carteira é necessário o exame toxicológico (Res. 583/2016), observando o prazo para análise de conclusão do mesmo, cujo laudo será apresentado no dia do exame médico (aptidão física e mental). Deve-se realizar este procedimento sob larga janela de detecção, obrigatoriamente em um laboratório devidamente credenciado pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN)
• O condutor que Exerce Atividade Remunerada de bens ou pessoas, de acordo coma Resolução 168/04, Art. 4º § 1º e Art. 6º § 2º do CONTRAN, está obrigado a declarar esta condição perante o órgão de trânsito para fins de constar o registro do EAR (exerce atividade remunerada) no campo de observação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida abrange motoristas de caminhão, de ônibus, taxistas, mototaxistas, motoboys, entregadores de pizzas, peças, produtos, entre outros.
Após 5 dias úteis da aprovação, o candidato recebe a CNH.
 
 
Dúvidas? Clique aqui para entrar em contato.

 
Fale conosco pelo Whats